Loading...

SOBRE STEPHEN HAWKING

Hoje em dia, poucos deixariam de reconhecer a imagem do físico britânico Stephen William Hawking [08/01/1942 –  ]. Considerado um dos mais importantes cientistas do campo da Física Teórica, Hawking desenvolveu importantes estudos sobre as conexões entre a física quântica e a teoria da relatividade e sobre como estes paradigmas podem explicar a formação dos buracos e a origem do universo como um todo.

A sua popularidade, no entanto, ultrapassa o campo científico. Por um lado, sua figura é impactante. Portador de esclerose lateral amiotrófica (ELA), uma rara doença degenerativa que paralisa os músculos do corpo sem, no entanto, atingir as funções cerebrais, Hawking tem mobilidade praticamente nula. Vive confinado a uma cadeira de rodas e depende de um sistema de voz computadorizada para comunicação. Tal condição o transforma em um exemplo de superação e, também, em imagem icônica de intelecto incorpóreo, alguém capaz de tocar o cosmo com o poder de sua mente.

A partir da sua contribuição para compreensão de buracos negros e cosmologia através da aplicação da relatividade geral e mecânica quântica, e alavancado pela força de sua imagem, Stephen Hawking tem sido fundamental na disseminação da ciência a um público mais amplo. Ao longo de sua carreira, ele publicou muitos livros de divulgação científica; viajou e deu palestras extensivamente; e fez inúmeras aparições no mundo da cultura pop. Neste âmbito, suas participações foram desde desenhos animados até programas noturnos de entrevista. Entre as mais notáveis estão a narração para a canção, “Keep Talking”, do Pink Floyd e a participação como ele mesmo num dos episódios dos Simpsons.

PARA SABER MAIS

A Bibliografia de Hawking em português inclui Uma breve história do tempo, Buracos negros, O Universo numa casca de noz, o autobiográfico Minha Breve História, e o George e a caça ao tesouro cósmico, título infanto-juvenil publicado em coautoria com sua filha Lucy.

Muitos filmes foram feitos sobre Hawking e suas teorias ao longo dos anos. Merece destaque o extraordinário documentário de 1992, dirigido por Errol Morris  , que recebeu o mesmo nome do bestseller A Brief History of Time   e traz música original por ninguém menos que Philip Glass.

Para os que assistiram nos cinemas  o recente A teoria de tudo, que recebeu o Oscar de Melhor Ator para Eddie Redmayne em 2015, interessará ler o livro  que deu origem ao filme, a biografia escrita pela ex-esposa, Jane Hawking.

__________________________________________

O projeto Ressonâncias acredita no compartilhamento de ideias. Caso alguma informação lhe seja útil, por favor, nos deixe um recado (vamos ficar muito contentes!) e não se esqueça de obedecer as normas da ABNT. Neste caso, coloque assim:

LIMA, A. A. Sobre Stephen Hawking, 2017. Disponível em; <http://www.ressonancias.com/sobre-stephen-hawking>. Acesso em: dia/mês/ano.

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on StumbleUpon